Grupo AGP

Telefone: (11) 3158-1200

Demissão: Outplacement ou Coaching

Cada pessoa pode agir de uma maneira a uma dispensa. Veja o que pode ser melhor

terça-feira, 30 de abril de 2013 - Por Administradores.com.br

Demissão é uma palavra que assusta muitos profissionais. Segundo pesquisa, realizada em 2011 pelo site CareerBuilder, com mais de 4 mil funcionários americanos, apontou que 36% tem medo de enfrentar uma demissão, 13% temem pela queda da remuneração, e 9% tem receio pelo excesso de funções e de falar em público.

Cada pessoa pode agir de uma maneira a uma dispensa. Que atinge diretamente a vida profissional e pessoal. E mexe muito com o emocional e o psicológico. Para tanto empresas buscam diminuir esse impacto e tornar uma demissão menos traumática.

O Outplacement é um serviço que visa humanizar e diminuir os impactos das demissões dos Executivos nas corporações. É um trabalho realizado pelo departamento de Recursos Humanos e a empresa especializada em Outplacement, em um processo de planejamento das ações que serão realizadas, antes mesmo do Executivo ter ciência sobre a sua dispensa. Quando é feito um planejamento para dar prosseguimento a demissão e o apoio ao profissional.

O serviço visa humanizar as demissõesatravés de um trabalho oferecido ao Executivo envolvido em um processo de dispensa. E é visto com bons olhos tanto pela organização quanto pelo executivo, e não deixa de ser um ato de responsabilidade social, pois dará suporte para que o profissional se reposicione no mercado de trabalho.

Outro método é o Coaching. Muito utilizado por profissionais que estão se aposentando, ou em momento de transição, é um eficiente aliado no processo de demissão de um Executivo ou de qualquer outro profissional, pois o auxiliará nessa nova etapa de vida.

O Coach levará o profissional a refletir sobre sua missão e valor de vida, sobre seus desejos e sonhos, visando alinhar vida pessoal e profissional. Desenvolvendo habilidades e capacidades, antes desconhecidas, auxiliando-o a encontrar um novo caminho. Ele até poderá mudar os rumos da carreira, dependendo do que realmente deseja, pois o Coaching respeita a individualidade de cada um, e tudo dependerá da evolução durante e após o processo.

No Coaching o profissional aprenderá a planejar, traçar metas, ter foco, agir e alcançar seus objetivos. Motivação, reflexão, comunicação, são outros fatores também trabalhados. O método utiliza ferramentas da psicologia, Programação Neurolinguística (PNL), da psicologia positiva, sociologia, antropologia, gestão de pessoas, comunicação, administração, entre outras.

"Ambos diminuem os impactos de uma demissão. Mas a diferença entre Outplacement e Coaching, é que o primeiro visa o aspecto profissional, dando auxilio psicológico para a recolocação do Executivo no mercado. Já o Coaching alinha vida pessoal e profissional, dando apoio para que ele busque em seus sonhos e desejos um novo caminho a seguir", explica o Presidente do Instituto Brasileiro de Coaching – IBC, José Roberto Marques.

Vale lembrar que o Outplacement é serviço voltado para Executivos, enquanto o Coaching atende qualquer profissional, seja em um período de transição de cargo, de profissão, aposentadoria, enfim, auxilia em qualquer momento na carreira.

« Voltar